loader image

Vaga para nutricionista

Associação Beneficente Assistencial Pró-Saúde. O Social e Hospital acaba de anunciar algumas vagas, inclusive uma vaga para nutricionista.




Saiba mais sobre essa vaga neste artigo.

Em primeiro lugar, na questão salarial, a entidade não informou na publicação da vaga, apenas que ela será fixada e pactuada.




Mas se você é um profissional de nutrição, com certeza tem em mente o salário esperado para o cargo.

Esta vaga refere-se à unidade localizada em São Miguel do Iguaçu.

 

Um pouco sobre a empresa:

A Associação Beneficente Hospitalar e Assistência Social Pró-Saúde é uma entidade filantrópica, ou seja, uma organização sem fins lucrativos, reconhecida como uma das maiores instituições na organização de serviços de saúde e administração hospitalar do país.




Com mais de 50 anos de existência, todas as atividades são voltadas para a saúde, educação infantil e assistência social.

Promover e valorizar a diversidade, igualdade de direitos e oportunidades, respeito e bem-estar entre os colaboradores.

Aliás, pioneira em tudo relacionado à saúde dos cidadãos.

 

Detalhes da vaga de nutricionista:

Vamos começar pelos benefícios oferecidos pela empresa:

  • Refeições no refeitório.
  • vale alimentação

Inicialmente, essa era a única informação de benefício divulgada pela entidade.

 

Atividades envolvidas para o cargo na instituição:

  • Elaborar o diagnóstico nutricional;
  • Preparar prescrições dietéticas, orais, enterais e parenterais com base nas diretrizes de diagnóstico nutricional e considerando interações medicamentos/nutrientes;
  • Indicar suplementos nutricionais de acordo com a legislação vigente quando necessário;
  • Acompanhar o paciente bem como registrar a prescrição dietética e evolução nutricional nos prontuários dos clientes/pacientes/usuários, conforme protocolos pré-estabelecidos pela Unidade de Nutrição e Dietética (UND) diariamente;
  • Solicitar os exames laboratoriais necessários para dietoterapia;
  • Interagir com a Equipe Multiprofissional de Terapia Nutricional (EMTN) para adequar os procedimentos complementares à prescrição dietética. Com o objetivo de melhora clínica e nutricional do usuário/cliente;
  • Elaborar protocolos de alta nutricional e orientar no momento da alta dos clientes/pacientes/usuários, estendendo-a aos cuidadores, familiares ou responsáveis, quando for o caso.
  • Identificar, dispensar, orientar e supervisionar a distribuição de dietas enterais e orais e suplementos nutricionais, verificando o percentual de aceitação, infusão e tolerância da dieta.
  • Interagir com nutricionistas responsáveis pela produção de alimentos, definindo procedimentos em parceria.
  • Manter-se atualizado e desenvolver novos indicadores de nutrição clínica;
  • Requisitos adicionais: Conhecimento de nível intermediário do pacote Office da Microsoft.

Que tal agora você saber um pouco sobre como ser um bom nutricionista?

É verdade que sempre nos consideramos bons no que fazemos, mas ter uma visão geral do assunto, mas do ponto de vista de outra pessoa, pode nos ajudar a sermos profissionais ainda melhores.

Então, vamos considerar algumas características dos bons profissionais de nutrição.

Respeito: Eu resumi tudo nesta palavra. Tem muita gente que vai a encontros e come um monte de coisas que sabe que não deve, mas não precisa se envergonhar (para não fazer com que se sintam mal).

O essencial é fazê-lo ver que uma mudança de hábitos pode melhorar sua saúde e sua autoestima.

Seja tolerante: Para ser nutricionista você terá que negociar com o paciente… Pode ser que ele não goste de algum alimento/prato, e você terá que modificar um pouco a dieta de acordo com o gosto da pessoa pagar por uma dieta que você odeia).

Olha o que o paciente fala: eu sei que parece óbvio, mas eu já vi muita gente que os faz ouvir e eles não ligam muito para o que você fala… Bom, não, você tem que levar em conta o que eles dizem. E tente ajustá-lo se for razoável, é claro.

Ser realista e transmitir: acho que isso é o mais importante. Não prometemos milagres porque o corpo não os faz (pelo menos não em pouco tempo).

Você não perderá 10 kg em 1 mês, nem ficará super musculoso em 2 meses. Então cuidado com quem promete, pois não é assim.

 

Treinamento

Ser nutricionista esportivo requer formação específica. Algumas universidades já oferecem cursos de graduação neste assunto.

Há também muitos preparadores físicos que completaram sua formação com cursos especializados em nutrição esportiva.

Não se trata de exigir títulos, mas de confirmar que quem vai direcionar sua dieta, por uma série de meses, tem o conhecimento necessário para fazê-lo com todas as garantias.

 

Empatia

É claro que seu nutricionista esportivo deve se “conectar” com você, pois ele deve ter confiança suficiente para expor suas necessidades, as dificuldades que encontra e também seus objetivos.

Uma boa comunicação é essencial para manter uma dieta e hábitos alimentares que provavelmente serão novos para você e que podem levá-lo a um esforço extra nas primeiras semanas.

 

Adaptabilidade

Não somos máquinas nem fazemos sempre o mesmo tipo de exercícios, por isso um bom nutricionista desportivo saberá o que precisa em todos os momentos e poderá oferecer-lhe planos de refeições específicos para cada situação.

Talvez você tenha que modificar seus cardápios porque está em uma fase de treinamento com o objetivo de ganhar volume muscular, ou talvez tenha que aumentar a proporção de carboidratos porque está na última fase de preparação para um teste de velocidade de corrida.

Flávio Soares

Flávio Soares

Nosso time de redação é especializado em aplicativos, economia e emprego. Meu objetivo é analisar e relatar esses campos de forma criativa e formal, oferecendo visões perspicazes e acessíveis para meus leitores.